Notícia

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas
Quarta, 14 Março 2018 18:56
Boas Práticas

Itec economiza R$ 10 mil ao mês em energia para os cofres estaduais após manutenção em data center

A ação é uma prévia do projeto retrofit de modernização da aparelhagem

Texto de Isaac Moraes

Uma das medidas recomendadas para quem deseja economizar na conta de luz é tirar da tomada equipamentos eletrônicos em stand-by, ou seja, que estão sem atividade, mas que continuam ligados a uma fonte de energia, energizados. Agora, imagine que esses equipamentos sejam de grande porte e em um número maior. A economia de energia também cresce proporcionalmente.

Foi o que aconteceu após o desligamento de vários quadros elétricos, de comando e no breaks que faziam parte do maquinário do data center estadual guardado pelo Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec) e que passaram por desativamento e substituição no final do ano passado. No entanto, as benesses só puderam ser comprovadas agora: R$ 10 mil de economia em energia elétrica para os cofres estaduais.

“Fizemos durante a manutenção um levantamento dos equipamentos mais antigos, que já foram vitais e de pleno uso para o estado, mas que hoje ficaram obsoletos. A maioria estava energizada e aguardamos trinta dias para o desligamento gradual destes. Isso nos fez reduzir a conta de energia em 30%. É importante que medidas como essa sejam praxe nos órgãos públicos e não apenas na área de tecnologia da informação e comunicação, por exemplo, se você faz o descarte de móveis que não servem mais para aquele setor, até a sala refrigera melhor e aí já gera uma economia, por incrível que pareça” explica o gerente de operações do Itec, Renato Prado.

 

cofrinho servidor


Ainda de acordo com o gerente de operações, o levantamento é um prelúdio do que virá com o retrofit, projeto de modernização do data center do estado. Além da economia de energia, o desligamento dos aparelhos antigos contribuiu também para uma melhor circulação no ambiente do data center, descarte de carga-incêndio, ou seja, do que poderiam ser possíveis focos e para um melhor funcionamento dos demais equipamentos.

“Essa ação pré-retrofit contribuirá diretamente, inclusive, para que tenhamos menos problemas de paralisação dos serviços, ou seja, além de economia significativa aos cofres públicos, os alagoanos serão atendidos com mais performance nos serviços do governo” concluiu Renato Prado.