Notícia

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas
Quarta, 20 Maio 2020 15:27
TRABALHANDO EM CASA

Administração pública estadual chega a 60 dias de teletrabalho

Serviços entraram em home office em meados de março conhecendo novos paradigmas de trabalho e aprendizado

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Para Pollyana Martins, da Fapeal, segurança e estabilidade são pontos fortes das ferramentas do teletrabalho Para Pollyana Martins, da Fapeal, segurança e estabilidade são pontos fortes das ferramentas do teletrabalho Cedida pela entrevistada
Texto de Isaac Moraes

A administração pública alagoana está em regime de teletrabalho há 60 dias e o Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec), um dos responsáveis pela parte técnica e lógica da iniciativa, ouviu alguns servidores estaduais de diferentes áreas que estão tendo que se adaptar às novas necessidades, surgidas a partir da pandemia mundial por Covid-19.

O primeiro documento estadual decretando estado de emergência foi publicado no Diário Oficial de 19 de março, e desde então grande parte dos servidores, de uma hora para outra, com exceção de serviços essenciais que precisam comparecer in loco, tiveram que lidar com tecnologias e termos nunca antes utilizados em seu cotidiano. Porém, a necessidade se converteu em aprendizado e muitos venceram as dificuldades.

Adriano

“O acesso à VPN está sendo muito útil para as demandas, até agora não tive nenhum problema desde que foi instalado. Estou conseguindo atender 100% à Secretaria com o acesso do Siafe. Enfim, está sendo ótimo e de muita utilidade” disse Adriano Vieira, gerente executivo de planejamento e finanças da Secretaria de Ciências, Tecnologia e Inovação (Secti).

No call center Detran os operadores agora atendem de casa.

“Claro que não é a mesma coisa de estar no ambiente de trabalho com os colegas, a gente sente falta, mas é uma adaptação e também é legal. Essa é a minha primeira experiência trabalhando assim e tem sido positiva, a ferramenta VPN está ótima, assim como a Central de Serviços Itec, o sistema do Detran também, tudo certo" informa Deywison Costa, operador do call center Detran.

Deywison

Para Pollyana Martins, membro da Coordenação de Projetos Especiais e Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeal), o teletrabalho começou bem antes do decreto.

“Antes mesmo do primeiro decreto e quando já havia rumores da pandemia eu apresentei sintomas de gripe e os meus superiores e o pessoal da TI da Fapeal, que foram imprescindíveis, elaboraram uma maneira para que eu continuasse trabalhando de casa. Logo depois, foi oficializado o teletrabalho e passei a utilizar a VPN atual, desde então a plataforma tem sido ótima, não apresenta instabilidade, me sinto supersegura também e ainda temos o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e o auxílio das videoconferências” explicou Pollyana.

Videoconferência é também a maneira pela qual a assessora de comunicação da Secretaria de Educação (Seduc), Fabiana de Mutiis, utiliza para manter o trabalho em dia e contato com os demais servidores e professores da Secretaria, composta por regionais e instituições de ensino.

"Remotamente eu consigo trabalhar não só com a equipe de comunicação, mas com as escolas e gerências regionais de Educação. Utilizamos muito aplicativo de mensagem instantânea e as webconferências." Explicou a assessora.

Fabi

A maneira repentina como se apresentou a pandemia pegou a todos de surpresa e com o Itec não seria diferente. Além dos serviços já oferecidos, a equipe do Instituto teve que lidar com demandas ainda não vivenciadas, mas a resposta foi e continua sendo produtiva.

“Em levantamentos feitos, comprovamos um aumento substancial na nossa produtividade. O maior exemplo foi a criação de uma quantidade significativa de VPNS para todo estado, em tempo recorde, quando os nossos técnicos muitas vezes tiveram que trabalhar até duas, três, quatro horas da manhã na criação das mesmas. Durante esse período de pandemia, a tecnologia tem sido essencial para a garantia de vários pontos de trabalho, é a verdadeira compreensão do que vem a ser home office. explicou Álvaro Oliveira, gerente de operações do Itec.