Notícia

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado de Alagoas
Sexta, 22 Março 2019 19:31
REDUÇÃO DE CUSTOS

Itec economiza em itens básicos mais de R$ 50 mil anuais aos cofres públicos alagoanos

Economia foi feita com passagens aéreas e diárias, energia, telefones e outras despesas

Data Center Estadual poupa ao erário R$ 6 mil ao mês Data Center Estadual poupa ao erário R$ 6 mil ao mês Ascom/Itec
Texto de Isaac Moraes

Fazer mais, com menos. Essa tem sido a filosofia adotada pela equipe do Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec), quem vem conseguindo, além da sua missão de prover soluções efetivas de tecnologia para a modernização do Estado, atingir as metas de economia para o erário estadual.

Só em energia elétrica, o Data Center estadual, gerenciado pelo Instituto, economizou R$ 6 mil de fevereiro para março de 2019, diminuindo o gasto de R$ 24 mil para R$ 18 mil, inicialmente. De acordo com o gerente de operações do Itec, Álvaro Oliveira, o processo foi gradual, partindo de medidas básicas.

“Começamos desde a fiscalizar o apagar de lâmpadas e a substituir outras, até chegarmos ao nosso nobreak, que desoneramos em média de 30 a 40% da utilização. Também houve a racionalização de várias outras áreas, dos equipamentos que de certa forma conseguimos dar um melhor ganho, uma melhor desempenho. Hoje, o foco principal do Itec é atingir todas as suas metas sem prejudicar a nossa prestação de serviços, ou seja, economizar e fazer melhoria continuada, uma evolução” explicou o gerente de operações.

No entanto, a economia não para por aí. O Instituto conseguiu alcançar os números significativos de R$ 50 mil de redução em passagens e diárias em comparação a 2018, e baixou o custo de gastos com telefones fixos, móveis e pacotes de Internet de R$ 344 mensais para apenas R$ 31 reais.

“Sempre repito que o dinheiro público tem que ser gerido com se fosse da nossa casa. Desde que chegamos ao órgão, trabalhamos economizando desde combustível, telefones, renegociando contratos e convênios, passagens e diárias até a parte mais técnica, complexa, que diz respeito ao maquinário, ao data center estadual. A cada decreto governamental de redução de custos, trabalhamos e atingimos a meta” explicou Noé Higino de Lima, gerente administrativo do Itec.

“A ideia parte do mais alto grau de hierarquia, do Governador, ela chega para nós como forma de missão, e uma vez toda a equipe se mobiliza para trabalhar. É um processo de conscientização interna de planejamento de redução de custos. Hoje, conseguimos um bom resultado, mas não podemos fraquejar, temos que continuar trabalhando para que os números sejam mantidos ou até melhorados” finalizou o gerente administrativo.